segunda-feira, 27 de abril de 2015

Coração Tranqüilo

       Existe uma música de Pato Fu que diz: ‘Tudo é uma questão de manter a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranquilo’. Eis uma grande verdade expressa na simplicidade dessa música. Fazer dela um exercício de vida é algo realmente engrandecedor. Levar nossa mente a aquietar, a serenar, a deixar as preocupações de lado. 
      Ficar com a espinha ereta significa ficarmos abertos, atentos ao que se passa dentro de nós. Ficar com o coração tranquilo nos levará a uma percepção aprofundada Daquele que sempre existiu, existe e existirá em nós, que é o Deus-Coração. Ele é constituído de paz, tranqüilidade, serenidade, quietude, mansidão, felicidade, amor...
       A Paz de que estamos falando é maior do que aquela  que conhecemos no mundo, já que a sua fonte é o  Imorredouro, o Absoluto. Tudo é simples! Deus é simples! A dificuldade é gerada pela  nossa mente.
        Uma Mente e uma   vida  simples, associadas à   simplicidade no sentir, no existir, no tocar e no agir farão desabrochar o amor a nós próprios e a todos os seres. O fluir desse amor é tão forte que, às vezes,  a sua manifestação passa a ser palpável.
     Será que sabemos, realmente, o que é desejar uma só coisa? Desejar aquilo que é realmente necessário para uma vida plena e feliz? Desejar ardentemente a Unidade? Desejar somente aquilo que nos possibilita uma embriaguês de felicidade constante?
Não precisamos mais, pois isso é o Tudo! E o Tudo é Deus! Só Deus basta! Sejamos difusores da        Paz, da Serenidade, da Mansidão, da Quietude, da Tranqüilidade, do Amor. Sejamos disseminadores desses sentimentos, sensações, e vivências profundas dentro de nós. Sejamos multiplicadores do entusiasmo, da alegria, da felicidade de Ser; propagadores dessa Verdade, pois ela é Eterna, Absoluta, Transcendente e Imutável.
      Isso precisa urgentemente ser anunciado e divulgado a todos e em toda parte. O mundo em que vivemos encontra-se numa tal violência e  descontrole que se faz necessária  a divulgação e exercício desse conhecimento tão simples.
    Como podemos melhorar o mundo?  Como transformá-lo no Éden tão desejado por nós, onde todos os seres são felizes? A maior contribuição que podemos dar ao mundo e a todos os seres é cultivarmos o Coração Tranqüilo, sentindo e sendo a Paz, o Amor, e a Luz